Home Notícias Ciência A reversão magnética da Terra pode ser mais cedo do que imaginamos

A reversão magnética da Terra pode ser mais cedo do que imaginamos

Publicidade

A reversão magnética da Terra pode ser mais cedo do que imaginamos
Os cientistas avançaram a sua previsão para a inversão dos pólos magnéticos da Terra e tentaram antecipar as consequências desse fenômeno. (Foto: freewallsource.com / RT)
0
Publicidade

Ao longo da história do nosso planeta  os pólos magnéticos norte e sul inverteram muitas vezes, onde a mais recentemente variação aconteceu a cerca de 780 mil anos atrás, segundo os relatórios de Scientific American.

 

Os cientistas avançaram a sua previsão para a inversão dos pólos magnéticos da Terra e tentaram antecipar as consequências desse fenômeno. (Foto: freewallsource.com / RT)
Os cientistas avançaram a sua previsão para a inversão dos pólos magnéticos da Terra e tentaram antecipar as consequências desse fenômeno. (Foto: freewallsource.com / RT)

 

Os geofísicos acreditam agora que isso poderia acontecer mais cedo do que se pensava anteriormente. Segundo os últimos dados divulgados pela Agência Espacial Europeia, o campo magnético da Terra está enfraquecendo a uma taxa 10 vezes maior do que se pensava, o que poderia ser uma indicação de uma iminente reversão magnética acontecendo em menos de 2.000 anos.

O processo de reversão magnética pode demorar para ser concluído entre 1.000 e 20.000 anos. Agora, é difícil saber como uma mudança geomagnética influenciaria a civilização moderna, uma vez que uma das funções do campo magnético é proteger a Terra da radiação solar . Após análises feitas em vários fósseis, foi possível observar que não existe a possibilidade de extinção em massa ao aumentar o nível de radiação. No entanto, ela pode afetar redes de energia e sistemas de comunicação. Neste sentido, um geofísico da Universidade da Califórnia, EUA, Gary A. Glatzmaier, é bastante otimista. “Provavelmente, dentro de mil anos não podem ter redes elétricas”, diz ele. Ele acrescenta: “Nós vamos ter avançado tanto que, com certeza, todos nós precisamos lidar com a rotação da tecnologia campo magnético.”

Com informações do portal Actualidad RT

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!