Home Notícias Mundo 10 anos após Katrina, Nova Orleans luta para se reerguer

10 anos após Katrina, Nova Orleans luta para se reerguer

Publicidade

10 anos após Katrina, Nova Orleans luta para se reerguer
0
Publicidade

(ANSA) – No aniversário de 10 anos da passagem do furacão Katrina por Nova Orleans, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que a tragédia não foi apenas uma “terrível catástrofe natural”, mas também um “fracasso” do governo em responder rapidamente à emergência.

Na época, o país era comandado pelo republicano George W. Bush, acusado de ter demorado a agir para minimizar os danos provocados pelo furacão, que deixou 1,8 mil mortos e 1 milhão de desabrigados. A declaração foi dada à emissora “WWL-TV”, durante uma visita do mandatário ao município devastado pelo Katrina.

“Vimos essa cidade se recuperar, mas ainda há muito por fazer”, reconheceu Obama, que inaugurou um centro social no bairro pobre de Lower Ninth Ward, o mais afetado pela tragédia. “Vocês são um exemplo do que é possível quando, frente a dificuldades, as pessoas boas se unem para construir um futuro melhor. Por isso voltei aqui hoje”, acrescentou.

Em seguida, Obama falou que o Katrina passou de um desastre natural a um “desastre causado pelo homem” devido aos problemas sociais em Nova Orleans. “A cidade era repleta de desigualdades, com muitas pessoas, sobretudo negros pobres, sem um bom trabalho, uma assistência de saúde a preços acessíveis ou uma moradia decente”, disse.

Antes do furacão, o bairro de Lower Ninth Ward tinha uma vida modesta, mas serena, segundo um de seus moradores, o taxista Austin. “Aqui, cada lote tinha uma casa de um ou dois andares e todos se conheciam, era impossível combinar qualquer coisa sem que os pais descobrissem”, conta.

De fato, em 10 anos, muitas habitações na cidade foram reconstruídas, e Austin destaca aquelas doadas pelo ator Brad Pitt. Além disso, há muitos canteiros de obras, mas também diversos espaços vazios. “Em cada um desses havia uma casa”, lembra o taxista.

Por outro lado, algumas construções ainda mostram os sinais da passagem devastadora do Katrina, como se o tempo tivesse parado. Uma delas foi reduzida a um esqueleto: os pisos cederam e tudo o que sobrou foi um ventilador enferrujado e os restos de uma lareira de tijolos.

Já em frente a uma nova residência pré-fabricada, há uma lápide em memória das vítimas e uma bandeira dos Estados Unidos. Em Lower Ninth Ward, muitas pessoas nunca mais voltaram, porém tantas outras decidiram arregaçar as mangas e ajudar na reconstrução.

Como Thomas, proprietário do restaurante Ilys Bistro. “Em 30 de agosto de 2005, eu me refugiei na Flórida, mas um ano depois já tinha voltado. Estão reconstruindo o bairro, mas precisam de mais dinheiro”, afirma ele, antes de confessar ter medo de um novo Katrina. “Mas de qualquer maneira, meu lugar é aqui”, diz.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!